Ás de Paus – Significado da Carta do Tarô

A Carta do Tarô: Ás de Paus

Nesta carta, aparece nos deparamos com um homem maduro, forte e alto. Está no topo de uma colina, com montanhas de picos nevados ao seu redor. Em seu ombro direito, tem a pele de ouro de um carneiro, que se estende até o chão, na mão direita, carrega o mundo e, na esquerda, um bastão de fogo.

Nos deparamos novamente com Zeus, que apareceu já na carta O Imperador, o rei dos deuses, o iniciador e força motriz da lenda de Jáson e o Velocino de Ouro. É exatamente esta pele sagrada de Zeus, que o herói deveria obter e que serve de símbolo do vislumbre criativo que muitas vezes nos afasta da segurança do mundo convencional, em direção a um objetivo desejado, por caminhos quase sempre tortuosos e perigosos.

Zeus é um deus antigo e poderoso, sendo que uma das suas primeiras representações foi a divindade de cabeça de carneiro, o poder criador invisível que gerou o universo. Dessa forma, Zeus simboliza dentro de nós a força criadora da imaginação, que não pode ser medida e que no entanto, é responsável por todos os esforços e trabalhos concretos de nossas vidas (Sharman-Burke & Greene, 1988).

Significado de o Ás de Paus

Na carta O Imperador, nos deparamos com Zeus como o seu aspecto patriarcal, O Grande Pai. Já na nesta carta, Ás de Paus, nos vemos diante de seu espírito volátil, e este deus, tal como Afrodite, é uma força da natureza. Todos possuímos esta força dentro de nós. Zeus é a capacidade de vislumbrar um potencial futuro diferente e muito mais amplo que a realidade em que vivemos - seja nos planos para a reforma de uma sala de estar, seja de um novo conceito de negócios. Muitas pessoas não confiam nessa faculdade da imaginação, qualificando-a de tola ou infantil, ou mesmo temendo o riso de uma ideia por medo de falhar. Porém, Zeus não é tolo ou infantil, e o Ás de Paus, na medida em que retrata a emergência de uma força criadora, torna-se uma carta forte. A nova ideia ainda não foi formulada, mas existe a clara indicação de inquietude e a sensação de que a vida está se expandindo.

E é esta sensação que mantém Jáson em busca do Velocino de Ouro, na história contada pelo Naipe de Paus. Dessa forma, o Ás de Paus prenuncia a emergência de uma força criadora, embora essa energia não esteja ainda bem definida em termos do objetivo ou projeto (Sharman-Burke & Greene, 1988).

 

Palavras-chave

  • Novos Começos
  • Originalidade
  • Visão Criativa
  • Recomeço
  • Aventura
  • Confiar nas Próprias Capacidades
  • Necessidade de se ter Iniciativa Sexual
  • Ter Paixão pela Vida
  • Encontrar uma Solução para um Problema

 

Na posição “Você Agora”

Sugere que a energia de aventura está com você, sendo ou uma ideia criativa, ou um súbito afã de otimismo e coragem.

É tempo de agir e aproveitar esse sentimento de entusiasmo.

 

Na posição “Obstáculo”

Indica que você está sendo muito insistente ou está seguro demais, e suas prioridades individuais estão impedindo de fazer progresso com os outros.

Você pode estar pronto para dominar o mundo, nas precisa também olhar com cuidado suas limitações.

 

Na posição “Futuro”

Indica que grandes oportunidades ou eventos empolgantes estão por vir.

Também sugere originalidade e criatividade, e que é tempo de confiar em seus instintos e segui-los.

 


Referências:

  • Bartlett, Sarah. A Bíblia do Tarô: o guia definitivo das tiragens e do significado dos arcanos maiores e menores. São Paulo: Pensamento: 2011.
  • Sharman-Burke, Juliet; Greene, Liz. O tarô mitológico. São Paulo: Siciliano, 1988.
  • Imagem: Reprodução / Ás de Paus do Tarô Mitológico

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *