Carta da Semana: Cinco de Copas

Carta do Tarô da semana

Palavras-chave:

  • Confusão emocional
  • Desapontamento
  • Desejo de poder mudar o passado
  • Desequilíbrio emocional
  • Desgaste físico, mental e emocional
  • Mudanças de atitudes e prioridades
  • Perda
  • Remorso
  • Tristeza

 

A carta do Cinco de Copas apresenta uma jovem olhando para a esquerda, com uma vela acessa na mão direita e, a mão esquerda, fazendo um sinal tentando alcançar o jovem a sua frente . Ele possui assas e está correndo, fugindo da moça. No chão, há 4 taças derramando um líquido e a quinta taça, está em pé. Ao fundo, é noite, com a lua crescente.

Psiquê, a jovem principal deste arcano, quebrou a promessa ao seu amado Eros, o jovem com asas, traindo sua confiança, ao acender a vela para ver seu rosto.

O cinco de copas representa a desilusão, o momento de um relacionamento quando as máscaras caem e nos damos conta de quem realmente somos e quem o outro é. Simboliza também o remorso, a decepção, a tristeza. É uma carta negativa, que nos convida a trabalhar certos aspectos dentro de nós. E embora essa traição de Psiquê seja dolorosa, ela simboliza a quebra da ilusão romântica de estarmos apaixonados.

 

Lado Negativo

O lado negativo do Cinco de Copas, indica que talvez esteja tão obcecado com sua perda, que talvez não consiga enxergar novas oportunidades. Liberte- se do que não lhe serve mais, e se permita investir em novos planos.

 

Foco

Esta carta traz a sensação de remorso, de forma que a traição traz tristeza e arrependimento. É o momento de tirar o véu da ilusão romântica e perceber o relacionamento de forma real e verdadeira. Necessidade de mudança de atitudes, aceite o que perdeu e siga em, frente.

 

Tendências:

Amor: Solteiros: momento de desilusão amorosa por conta de perdas, primeiro se cuide, para poder se abrir a um novo amor. Numa Relação: indica separação , mas não o rompimento definitivo, é necessário primeiro, se afastarem para poderem avaliar a relação.

Espiritual: acolha seus monstros e traumas, para então se permitir a cura.

Finanças: indica necessidade de cuidados com exageros, devido ao desequilíbrio emocional.

Saúde: indica cansaço e desgaste, trazendo nervosismo.

Trabalho: indica momento de dificuldade de manter o foco, devido à instabilidade emocional.

Conselho da Carta: Aceite o que perdeu e siga em, frente.

Cor indicada: Verde(é a cor da alegria, estimulante, proporcionando coragem e liberdade, aliviando os sintomas da tristeza).

Cristal indicado: Ágata Musgo (ajuda a se libertar de dores e crenças antigas. Se conectar com alegria de viver, aliviando a depressão. Libera raiva e frustração).

 Banho de Ervas indicado: de Canela ou de Erva Cidreira / Melissa ou de Hortelã:

  • Para renovar as energias, promover a limpeza energética e de mágoas antigas, trazendo equilíbrio emocional.
  • Canela (erva fria atratora): é estimulante, auxilia na cura, ajuda a diminuir a hipersensibilidade e os acessos de raiva, eleva as vibrações espirituais, produz vibrações de proteção.
  • Erva Cidreira / Melissa (erva morna ou equilibradora) – ajuda na tomada de decisão; alivia os sintomas da ansiedade; combate a depressão; estimula a cura e o amor; melhora as finanças.
  • Hortelã (erva morna ou equilibradora): proporcional equilíbrio emocional, vence o medo, dá coragem na abertura de caminhos.

 

E se você tiver alguma dúvida, pode deixar nos comentários.

Ou se quiser marcar a sua Consulta de Tarô, é só me enviar uma mensagem pelo celular ou e-mail.

 

Abraços e até a próxima,

Isabel Stumpf Mitchell - Tarô Terapêutico, Numerologia, Ervas, Benzimento e Terapias Integrativas.

(51) 99925.0421 | isabel@isabelmitchell.com.br

 


Referências:

  • BARTLETT, Sarah. A Bíblia do Tarô: o guia definitivo das tiragens e do significado dos arcanos maiores e menores. São Paulo: Pensamento: 2011.
  • DANTAS, Fábio. A Magia das Cartas Terapêuticas.  São Paulo: Planeta Brasil, 2018.
  • Maria Helena. Carta 6 de Espadas. Disponível em: <https://www.mariahelena.pt/pt/pages/arcanos-menores---significado-da-carta-6-de-espadas>. Acesso em: 25 maio 2020.
  • SHARMAN-Burke, Juliet; GREENE, Liz. O Tarô Mitológico. São Paulo: Siciliano, 1988.
  • Imagem: Reprodução / Tarô Mitológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two × 5 =