Erva Cidreira ou Melissa: Uso e Propriedades Mágicas

Estimular amor, sucesso, cura

Erva-Cidreira ou Melissa (Melissa officinalis)

Planeta:Lua

Elemento: Água

Sexo: Feminino

Poderes: amor, sucesso, cura

Tipo de Erva: Erva Morna e também Erva Fria (atratora/feminina)

  • Ervas Mornas são as ervas que atuam de forma equilibradoras de energia, são ervas que não agridem, pelo contrário, atenuam efeitos negativos de ervas quentes. São ervas que ajudam a reconstruir a nossa energia, o nosso campo astral, nosso campo magnético, nossa áurea, etc.
  • Ervas Frias: são as ervas de uso específico. São usadas para mediunidade, para atrair bons fluidos, para prosperidade, para fitoterapia, etc. E possuem subclassificações, são elas:
    • Ervas femininas / atratoras: são ervas ligadas a sensibilidade espiritual, a autoestima e aos fatores femininos. Exemplos: rosa vermelha e malva.
    • Ervas masculinas: são potencializadoras dos fatores masculinos, o que rege pontos materiais da vida. Exemplos: Folhas de louro e café.
    • Fortalecedoras da intuição: elas agem somente no espiritual e facilitam a ação nos canais de mediunidade. Exemplos: rosa branca e alfazema.
    • Calmantes: estas ervas agem no físico, causam maior relaxamento e tranquilidade. Exemplos: Camomila e Melissa.
  • Importante: algumas ervas citadas como mornas, também são exemplos de frias. Isso se deve ao fato de que quando o banho é preparado somente com uma erva morna, sua ação é mais suave, o que a caracteriza como uma erva fria, pois a finalidade de uma erva morna é de energizar o que foi limpo, então geralmente elas acompanham uma mistura de ervas para atingir um propósito mais concentrado e profundo.

 

História

A partir erva mágica árabe  vem a informação que cidreira  pode ser utilizado para influenciar o amor.  Plínio disse que os seus poderes eram tão grandes que se ele estava ligado a uma espada que tinha feito uma ferida do sangue seria imediatamente estancado.

“Botânica oculta: As sibilas dos templos de Cumas, de Delfos, da Eritréia, da Líbia e de outros lugares se serviam, para despertar sua inspiração, de uma beberagem dinâmica na qual entrava a melissa em sua maior parte. Segundo uma antiga tradição, se pendurarmos um raminho inteiro no pescoço de um boi, o animal seguirá obedientemente por todas as partes onde tiver sido colocada. Planetas: Sol e Júpiter” (Paracelso, 1976).

 

Função Energética e Mágica:

  • Ajuda na tomada de decisões importantes da vida
  • Alivia dor de cabeça
  • Alivia os sintomas da ansiedade
  • Alivia os sintomas da insônia
  • Alivia os sintomas da TPM
  • Auxilia na tomada de decisões
  • Combater a depressão
  • Estimula a cura
  • Estimula o amor
  • Estimula o chakra cardíaco
  • Estimula sucesso e promoção na carreira
  • Melhorar as finanças
  • Promover amizades

 

Uso e Indicações:

  • Aromaterapia: óleo essencial usado para combater a depressão, o nervosismo, náuseas, palpitações, herpes, cólica menstrual, candidíase, cansaço mental pelos poderes antioxidantes e anti-inflamatórios.
  • Chás, emplastros, garrafadas, infusões e pó: para diversas finalidades para ações como insônia, enxaquecas, tensão nervosa, neurastenia, ansiedade, antiespasmódica, sedativa, estimulante do chacra cardíaco, herpes labial.
  • E indicada para banhos energéticos e de descarrego, defumações e maçarocada de ervas.
  • Emprega-se contra o histerismo e a hipocondria;
  • Emprega-se em loções para curar a fraqueza da vista; produz excelentes efeitos em chagas e feridas.
  • Esfregue esta erva nas colmeias, para atrair novas abelhas e manter os antigos lá.
  • Mergulhe o erva em vinho por várias horas, tensão e compartilhar com um amigo. Ou, levar a erva com você encontrar o amor.
  • No TPM são utilizadas as folhas.
  • Para afugentar os mosquitos e outros insetos: vaso com erva-cidreira.
  • Se utiliza em estados espasmódicos, desfalecimentos, vertigens, enxaquecas e na atonia estomacal.

 

Banho de Erva-Cidreira ou Melissa

  • Banho perfumado
  • Bom também para aliviar ansiedade, estresse, calmante

 

Chá de Erva-Cidreira ou Melissa

  • Combater a insônia
  • Tônico depurativo em estados gripais febris (para baixar a febre)

 

Utilização em vasos:

  • Para afugentar os mosquitos e outros insetos do ambiente ou do jardim.

 

Contraindicações:

  • A bibliografia consultada alerta que pessoas com hipotireoidismo (diminuição de funcionamento da tireoide) e ou com pressão baixa devem evitar seu uso.

 

Propriedades Medicinais:

  • Acneica
  • Antiespasmódica (equilibra o sistema nervoso)
  • Antifúngica
  • Antisséptica
  • Digestiva
  • Limpeza de pele
  • Sedante
  • Sedante
  • Suave e equilibradora

 

Partes Utilizadas

  • Folhas
  • Flores

 

Abraços e até a próxima,

Isabel Stumpf Mitchell - Tarô Terapêutico, Numerologia, Ervas, Benzimento e Terapias Integrativas.

(51) 99925.0421 - WhatsApp / Telegram

isabel@isabelmitchell.com.br

 


Referências:

  • ALMEIDA, Mara Zélia de. Plantas medicinais. 3º edição - ed. Salvador: EDUFBA, 2011.
  • CUNNINGHAM, Enciclopédia de Mágica Ervas. Llewellyn Publications, 2º Edição, 2008.
  • Ervas do Sítio. Ervas do Sítio. Disponível em <ervasdositio.com.br>. Acesso em: 29 junho 2019.
  • GREGUER, Nina. Botânica Medicinal e Oculta – O Segredo Oculto das Plantas. Nina Greguer, 2016.
  • PARACELSO, . As Plantas Magicas: Botânica Oculta. Editora HEMUS - Livraria Editora Ltda, São Paulo, 1976.
  • ROGER , Dr. Jorge D. Pamplona. Plantas Que Curam: Enciclopédia das Plantas Medicinais. Volume 1. Editora Atlântico.
  • Vassouras Urbanas. Guia de Ervas. Disponível em: <https://www.vassourasurbanas.com.br/>. Acesso em: 27 out 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

nine − one =