O Carro – Significado da Carta do Tarô

A Carta do Tarô: O Carro

Nesta carta, aparece um jovem e poderoso guerreiro, dirigindo um carro de guerra. Em sua frente há um escudo de bronze e, a sua esquerda, uma lança. Segura firme as rédeas de dois cavalos, um preto e o outro branco, insinuando quererem seguir direções opostas.

 

Nos deparamos com Ares, o deus da guerra, que, segundo a mitologia grega, foi concebido por Hera, rainha dos deuses, sem a semente masculina. Como deus da Guerra, Ares alegrava-se nas lutas. Seus dois escudeiros, Deimos, o Espanto, e Fobos, o Terror - que muitos dizem serem seus filhos -, acompanhavam-no a todas as batalhas. Ares era o oposto de Atena, a divindade guerreira representada pela estratégia e coragem refletida. Ares amava o calor da batalha e exultava quando derrotava o inimigo.

Afrodite impressionada pelo jovem guerreiro, não conseguiu deixar de compará-lo ao seu marido, o deus-ferreiro Hefesto, doente e aleijado, e se apaixonou por Ares. Este, sem o menor pudor, maculou o leito matrimonial do casal. Hefesto, porém descobriu o adultério e planejou uma vingança terrível.

Em segredo, forjou uma rede muito fina, quase invisível, mas inexplicavelmente forte e que jamais poderia ser rompida. E pendurou-a sobre o leito onde os amantes costumavam se encontrar. Depois dos prazeres da paixão, saciados e cansados, os dois adúlteros caíram no sono. Em seguida, Hefesto soltou a rede sobre ambos e chamou todos os deuses para que servissem de testemunhas do adultério de sua esposa e Ares. A paixão de Ares jamais foi suplantada pela vergonha, e tempos depois de sua paixão com Afodite nasceu uma filha – Harmonia, cujas características seu nome sugere, e que veio para estabelecer uma ligação equilibrada entre o amor e a paixão. (Sharman-Burke & Greene, 1988).

Significado de O Carro

A Carta do Carro representa o triunfador das provas, isto é, das tentações. Ele está sozinho e de pé em seu carro; ninguém está presente para o plaudir ou lhe prestar homenagem; ele não tem armas, uma vez que seu cetro não é arma. Se ele é senhor, seu domínio foi adquirido na solidão, e ele o deve somente às provas, e não a alguma coisa ou a alguém de fora.

 

A vitória é conquistada na solidão...que glória e que perigo ao mesmo tempo! É a glória real, por não depender de favores e nem de julgamentos humanos. E, no entanto, ela é, ao mesmo tempo, o mais real e o mais grave perigo espiritual que existe. O perigo é antes uma espécie de megalomania mística, na qual a pessoa diviniza o centro regulador de seu ser, seu ego, vê o divino somente em si mesma e se torna cega para o divino acima dela e fora dela. (Anônimo, 1989, p. 163).

 

O Carro revela que uma forte motivação e vontade são as chaves para o progresso. Esta carta tem tudo a ver com confiança, um ego saudável e acreditar em si mesmo. Ou você tem a confiança e o espírito para conseguir o que quer ou vai encontrar alguém que representa a força deste arquétipo em sua vida (Bartlett, 2011).

 

Palavras-chave

  • Diligência
  • Força de Vontade
  • Honestidade
  • Perseverança
  • Controle sobre os Sentimentos e Pensamentos
  • Ser Puxado em Duas Direções
  • Sucesso
  • Desejo de Vitória
  • Estar no Comando

 

Na posição “Você Agora”

Sugere que você possui uma forte motivação e vontade, que são as chaves para o progresso.

Também indica um ego saudável e acreditar em si mesmo.

Você conseguirá sucesso em qualquer empreendimento e irá transpor todos os obstáculos do seu caminho.

 

Na posição “Obstáculo”

Indica que você está sendo controlador demais ou que está sendo tolhido por alguém que só pensa em si m esmo e não vai deixar você tomar as rédeas.

Ou significar que podem existir influências conflitantes em sua vida.

 

Na posição “Futuro”

Indica que um senso de oportunidade e controle são essenciais para conseguir o que deseja.

Ou que talvez seu relacionamento precise ser reavaliado.

É hora de usar sua autoridade para conseguir o que quer.

 

 


Referências:

  • Anônimo. Meditações sobre os 22 Arcanos Maiores do Tarô. São Paulo: Paulinas, 1989.
  • Bartlett, Sarah. A Bíblia do Tarô: o guia definitivo das tiragens e do significado dos arcanos maiores e menores. São Paulo: Pensamento: 2011.
  • Sharman-Burke, Juliet; Greene, Liz. O tarô mitológico. São Paulo: Siciliano, 1988.
  • Imagem: Reprodução / Carta O Carro do Tarô Mitológico

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *